PALESTRANTES


















Dante Luiz Martins Teixeira

Possui bacharelado em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1979), mestrado em Ciências Biológicas (Zoologia) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1987), doutorado em Ciências Biológicas (Zoologia) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2000) e pós-doutorado pela Universidade de São Paulo (2011). Tem experiência na área de Zoologia, com ênfase em Ornitologia, atuando sobretudo nas seguintes linhas de pesquisa: Ornitologia, Biogeografia, Etnozoologia, História das Ciências Naturais, Brasil Holandês, Animais nas Artes, Animais nos Mapas e Naturalistas Viajantes.


Miguel Ângelo Marini

Professor Titular no Departamento de Zoologia da UnB. Atual Vice-diretor do Instituto de Ciências Biológicas (IB). Possui Graduação em Ciências Biológicas pela Universidade de Brasília (1986), Mestrado em Ecologia pela Universidade de Brasília (1989) e Doutorado em Biology pela University of Illinois at Urbana-Champaign (EUA) (1993). Foi professor recém-doutor na Universidade Federal de Uberlândia (1994) e professor adjunto na Universidade Federal de Minas Gerais (1995-2000). Realizou pós-doutorado em 2008-2009 no Museu Nacional de História Natural (Paris). Ex-presidente da Sociedade Brasileira de Ornitologia (SBO) em 2014-2015. Tem experiência na área de Ecologia, Conservação e Comportamento Animal, atuando principalmente nos seguintes temas: aves, conservação, biologia reprodutiva, sucesso reprodutivo, fragmentação de hábitats, parasitos e mudanças climáticas.


Marcos André Raposo Ferreira

Professor Associado da UFRJ e curador da coleção de Aves do Museu Nacional. É especializado em filosofia das classificações zoológicas, anatomia e taxonomia de aves Neornithes. Como parte de sua experiência profissional: nos últimos anos publicou dezenas de artigos científicos em revistas especializadas como The Auk, Journal of Structural Biology, Zootaxa, Journal of Ornithology, Oryx e Zoological Journal of the Linnean Society; formou mais de 20 alunos em pós-graduação em Zoologia (Mestrado e Doutorado); é editor e parecerista de revistas científicas brasileiras e internacionais; é consultor de órgãos da administração pública e fomento à pesquisa como a CAPES, o CNPq, a FAPESP e o CGEN; foi coordenador adjunto do Programa de Pós-graduação em Zoologia do Museu Nacional e Chefe do Departamento de Vertebrados do Museu Nacional; participou da coordenação de congressos brasileiros e internacionais de Ornitologia. Hoje se dedica a pesquisas em diversas na área da Zoologia, em especial a um Catálogo Taxonômico das Espécies de Aves do Brasil e à Filosofia das Ciências, disciplina que ministra aos alunos da Pós-graduação (Zoologia). É coordenador do importante projeto de extensão que tem como alvo a revitalização das exposições de Vertebrados do Museu Nacional.


Cristina Yumi Miyaki

Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade de São Paulo (1990), mestre (1993) e doutora (1996) em Ciências Biológicas (Biologia/Genética) pela Universidade de São Paulo. Atualmente é professor doutor da Universidade de São Paulo. A pesquisa se concentra na avifauna como modelo de estudos moleculares para compreender sua sistemática e visando a conservação da biodiversidade e a compreensão dos padrões e processos biogeográficos na história evolutiva da região neotropical.



Luciano Nicolás Naka

Graduado em Ciências Biológicas - Universidade Federal de Santa Catarina (1998), Mestre em Ecologia Tropical - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (2001), e PhD em Systematics, Ecology, and Evolution - Louisiana State University (2010). Atualmente é professor adjunto no Departamento de Zoologia na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e o curador da Coleção de Aves dessa universidade e pesquisador associado ao Museum of Natural Sciences da Louisiana State University. As linhas de pesquisa incluem diversos aspectos da ornitologia, incluindo Ecologia, Biologia Evolutiva, Biogeografia, e Bioacustica.



Mauro Galetti Rodrigues

Possui graduação em Biologia (1990), mestrado em Ecologia na UNICAMP (1992) e doutorado em Biological Sciences na University of Cambridge, Inglaterra (1996). Realizou pós-doutorado pela Universidade de Cambridge, Inglaterra (1997). Também foi pesquisador visitante na Estación Biologica de Doñana, Espanha (2007). Entre 2007-2009 realizou um estágio sabático na Universidade de Stanford, EUA onde foi nomeado Tinker Professor pelo Centro de Estudos Latino Americano (CLAS). Em 2016 foi professor visitante na Aarhus Universitet, Dinamarca. Desde 1998 é professor da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP) em Rio Claro. Atuou como coordenador do Programa de Pós-graduação em Ecologia e Biodiversidade do Instituto de Biociências de Rio Claro até 2016. Participou de comitês de pós-graduação na Universidade do Texas (EUA), Stanford University (EUA), Universidad de Sevilha (Spain), Universidad Veracruzana e INECOL (México). Sua linha de pesquisa busca entender como as perturbações humanas afetam a ocorrência e distribuição de espécies e as interações animal-planta, principalmente a dispersão e predação de sementes e o recrutamento das plantas.


Mauro Pichorim

Graduado em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Paraná, com Mestrado e Doutorado em Zoologia pela mesma instituição. Pós-Doutor em ecologia de populações pela Colorado State University - CSU, USA. Atualmente é Professor Associado da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, atuando na área de ensino de Zoologia de Vertebrados e de pesquisa em Ornitologia. Tem atuado em diversos projetos de pesquisa sobre aves, em especial na área de ecologia de populações, demografia e reprodutiva. No passado atuou em diversas instituições públicas e privadas, das quais destacam-se o Ministério do Meio Ambiente, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis e Fundação O Boticário de Proteção da Natureza.


Sandra Maria Hartz

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1987), mestrado em Ecologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1991) e doutorado em Ecologia e Recursos Naturais pela Universidade Federal de São Carlos (1997). Atualmente é professora titular do Departamento de Ecologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e pesquisadora 1C do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Tem experiência na área de Ecologia de Populações e Comunidades, atuando principalmente nos seguintes temas: ecologia trófica e comportamental, diversidade, fragmentação e nucleação de hábitat, em ecossistemas terrestres e aquáticos inseridos na Mata Atlântica e Pampa.


Augusto João Piratelli

Fez Pós-Doutorado em Ecologia pela University of Missouri - St. Louis, nos Estados Unidos (2005), Doutorado em Ciências Biológicas (Zoologia) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - Unesp - Rio Claro (1999), Mestrado em Ecologia pela Universidade Estadual de Campinas (1992) e Graduação em Ciências Biológicas pela Universidade de São Paulo - USP - Ribeirão Preto (1986). Atualmente é Professor Associado do Departamento de Ciências Ambientais da Universidade Federal de São Carlos, Campus de Sorocaba, onde foi o primeiro coordenador do Curso de Ciências Biológicas - Bacharelado. Foi editor-chefe da Ararajuba (Revista Brasileira de Ornitologia) e Editor Associado da Revista Biota Neotropica. Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em Ecologia e conservação de aves, antropização, perda de espécies de aves e serviços ecossistêmicos. 


Luiz dos Anjos

Possui graduação em Ciências Biológicas (1984), Mestrado em Zoologia (1988) e Doutorado em Zoologia (1992) pela Universidade Federal do Paraná. Desenvolveu Pós-Doutorado na Universidade da Florida, em Ecologia (2008). Atualmente é professor associado da Universidade Estadual de Londrina. Tem experiência na área de Ecologia, com ênfase em Ecologia de aves, atuando principalmente nos seguintes temas: sensibilidade de aves à fragmentação florestal, distribuição espacial de espécies de aves florestais, e Ecologia e Conservação da Família Corvidae. Foi editor da Ararajuba, atualmente Revista Brasileira de Ornitologia, no período de 1999 a 2002. É Bolsista Produtividade em Pesquisa do CNPq desde 2005 desenvolvendo projeto sobre Diversidade e Conservação de Aves porção sul da Mata Atlântica.


Rômulo Romeu da Nóbrega Alves

Doutorado em Ciências Biológicas (Zoologia) pela Universidade Federal da Paraíba. Atualmente é Professor da Universidade Estadual da Paraíba, coordenador adjunto da UEPB junto ao Doutorado em Etnobiologia e Conservação da Natureza. É um dos editores-chefe da revista Ethnobiology and Conservation e faz parte do Corpo Editorial do Journal of Ethnobiology and Ethnomedicine e da revista Amphibian & Reptile Conservation. Tem experiência na área de Zoologia, com ênfase em Etnozoologia. Atua principalmente nos seguintes temas: uso e conservação de espécies animais, comércio de animais silvestres, etnoecologia, atividades cinegéticas e zooterapia 


Pedro Ferreira Develey

Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade de São Paulo (1993), mestrado em Ecologia pela Universidade de São Paulo (1997) e doutorado em Ecologia pela Universidade de São Paulo (2004). Atualmente é diretor de conservação da Sociedade para a Conservação das Aves do Brasil - SAVE. Tem experiência na área de Conservação e Ecologia, com ênfase em Ornitologia, atuando principalmente nos seguintes temas: conservação, aves, mata atlântica e amazônia.


Fábio Olmos

Graduado em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), com mestrado em Ciências Biológicas/Ecologia pela UNICAMP e doutorado em Ciências Biológicas/Zoologia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP). Atualmente é diretor da Permian Brasil Serviços Ambientais, planejando e implementando projetos de manejo de florestas naturais para captura e armazenamento biológico de carbono e conservação da biodiversidade. Atuou em várias agências governamentais e multilaterais, incluindo agência ambiental do estado de São Paulo, PNUD, FAO,  Birdlife International e setor privado. Realizou pesquisas, não só com aves, mas também com outros animais, em temas que vão de história natural à conservação. Também trabalhou como consultor para seleção de novas áreas protegidas, planos de zoneamento econômico-ambientais, planos de conservação de espécies ameaçadas, levantamentos de fauna e planos de manejo e é membro do conselho curador da Fundação Grupo Boticario.


Camile Lugarini

Possui Graduação em Medicina Veterinária (2003), Especialização em Clínica Médica e Cirúrgica de Animais Selvagens, Mestrado em Ciências Veterinárias (2007) pela UFPR e doutorado no CPPGC da UFRPE (2015). Foi professora colaboradora da UEPG, médica veterinária da Clínica Veterinária Vida Livre - Medicina de Animais Selvagens, CETAS/PUCPR, CETAS/IBAMA/MA e CETAS/IBAMA/PB. Foi analista ambiental do Centro Mamíferos Aquáticos e atualmente está no Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Aves Silvestres/ICMBio. Tem experiência na área de Medicina Veterinária, atuando principalmente as seguintes áreas: clínica de animais silvestres, ornitopatologia, mamíferos aquáticos, micologia ambiental, medicina da conservação e planos de ação nacional para conservação de espécies ameaçadas.


Luciano Moreira Lima

Mestre em Zoologia pela Universidade de São Paulo e Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual do Norte Fluminense, com parte da formação como bolsista CAPES pela Universidad del Turabo, Porto Rico, EUA. Atualmente é pesquisador do Instituto Butantan, onde atua como Coordenador Técnico do Observatório de Aves - Instituto Butantan. Suas principais linhas de pesquisa incluem biogeografia, ecologia, história natural e conservação de aves neotropicais, com foco especial na Mata Atlântica. Possui também experiência com aves do Cerrado, Caatinga, Chaco, Amazônia e ecossistemas aquáticos e marinhos.


Wagner Nogueira Alves

Graduação em Ciências Biológicas com Ênfase em Gestão Ambiental, formado na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, PUC-Minas. Tem experiência na área de Biologia Geral, com ênfase em Ornitologia e Ecologia e é moderador do WikiAves, um site de conteúdo interativo, direcionado à comunidade brasileira de observadores de aves e, consequentemente, uma das ferramentas utilizadas na Ciência Cidadã.



Guto Carvalho

Profissional da área de Comunicação e coordenador do AVISTAR, importante evento sobre Observação de Aves do Brasil.